Às ruas, à terra

18 10 2009

O vandalismo da violência social nas grandes cidades provocadas pelo êxodo rural parece não escandalizar a mídia. Vocês do Rio não assistem os vandalismos provocados pelas forças de repressão em despejos de famílias sem teto. A polícia de São Paulo usou trator de esteira para destruir barracos em uma favela. Isso sim é vandalismo contra o povo brasileiro.

João Pedro Stédile,

a respeito da luta pela atualização dos índices de produtividade do país e da pecha de “vandalismo” frequentemente atribuída ao Movimento dos Sem-Terra.

Leia a entrevista no Jornal do Brasil, clicando aqui.

Anúncios