Às ruas, à terra

18 10 2009

O vandalismo da violência social nas grandes cidades provocadas pelo êxodo rural parece não escandalizar a mídia. Vocês do Rio não assistem os vandalismos provocados pelas forças de repressão em despejos de famílias sem teto. A polícia de São Paulo usou trator de esteira para destruir barracos em uma favela. Isso sim é vandalismo contra o povo brasileiro.

João Pedro Stédile,

a respeito da luta pela atualização dos índices de produtividade do país e da pecha de “vandalismo” frequentemente atribuída ao Movimento dos Sem-Terra.

Leia a entrevista no Jornal do Brasil, clicando aqui.





Novo canal de TV no Cariri

2 10 2009

    Louvamos a chegada da TV Verdes Mares no Cariri, iniciando ontem suas atividades. A vantagem para os telespectadores é que agora não haverá versão única dos fatos divulgados pelo jornalismo televisivo local, já que a TV Verde Vale tem claramente interesses políticos ligados ao seu dono, o deputado federal Manoel Salviano.  Nada melhor do que a pluralidade de fontes para garantir o amplo direito à informação sem manipulação.

    A existência de mais de um canal de televisão, esperamos, deve levar ainda a uma concorrência salutar entre a TV Verdes Mares Cariri e a TV Verde Vale; a tendência é que, com o tempo, melhore-se a qualidade do conteúdo veiculado pela primeira TV da região, atualmente ainda deixando muito a desejar.

Joaseiro.com





Ri-di-chulus L

24 09 2009

     A Globo possui dois programas muito tradicionais aos domingos: o Esporte Espetacular, pela manhã, e o Fantástico, à noite. A Record criou um jornalístico noturno semelhante ao da sua concorrente, e nomeou-o Domingo Espetacular. Há pouco, também criou um esportivo matutino, e chamou-o de Esporte Fantástico. Criatividade é isso aí…

Joaseiro.com





Expandindo as atividades

24 09 2009

     Wilson Melo anda expandindo suas atividades. Agora, além do programa na TV Verde Vale, ele está no rádio, na Barbalha FM. O mesmo discurso de “um programa ético, que ouve todos os lados, sem conotação política”. Balela. Na prática, comete os mesmos erros e vícios jornalísticos do seu programa televisivo.

Joaseiro.com





Minicômio – cubículo dos loucos –

18 09 2009

Fonte: http://www.malvados.com.br





Mudar para continuar como está

31 08 2009

     Eliana sai da Record e vai para o SBT. Gugu faz o caminho inverso e agora é da Record. E o telespectador, o que ganha com isso? Nada, já que permanece a má qualidade dos programas, quadros sensacionalistas, atrações que não atraem, a exploração do chulo e do ridículo como meio de obter audiência. A esses, somam-se os programas eternos dos domingos, os de Sílvio Santos e o de Faustão. Um tédio só pra quem resolve ligar a TV aberta em dia de domingo.

Joaseiro.com





E viva o besteirol…

30 08 2009

     A TV Verde Vale transmitiu no horário de almoço deste domingo a realização do prêmio “Destaque Caririense 2009”.  Primeiramente, tudo que dissemos outra feita ao “Talentos Cariri” também pode se aplicar a esse outro prêmio. Veja a postagem: http://joaseiro.com/2009/07/12/talentos-cariri/

    O que podemos acrescentar na nossa crítica, pelo fato de termos assistido (a contragosto, por dever jornalístico, para podermos comentar com propriedade sobre o assunto) foi o fato de muitos agraciados com a plaquinhas “agradecerem o convite para receber o prêmio”. Engraçado, não é? As pessoas são con-vi-da-das a receber um prêmio. Qual deve ser o critério pra receber esse convite? Pesquisa de opinião pública, como os organizadores desses eventos costumam dizer? Ora, ora, vão enganar outros inocentes!

     Premiados e premiadores estão tão mancomunados na realização dessa farsa, que a própria TV Verde Vale ganhou prêmio (deve ter sido o de melhor TV do Cariri, já que – infelizmente – só temos ela aqui) e vários programas seus também foram premiados. No ato de recebimento, os apresentadores do evento elogiavam a TV e os representantes da TV elogiavam os promotores do evento. Lindo, não? Você me elogia, eu elogio você, e todos fingimos que todos somos “demais”, somos “os caras” em alguma coisa.

    Chegando em casa, eles fazem como na música do grande Raul Seixas: “Convencem as paredes do quarto e dormem tranquilos, sabendo –  no fundo do peito – que não era nada daquilo!”

Joaseiro.com